Testemunhos


Vitória através da Terapia do Amor





Sílvio aprendeu na reunião a enfrentar os problemas do dia a dia
Brigas constantes e incompatibilidade são palavras que muitos casais em crise utilizam para explicar os problemas no relacionamento. Para os que desejam mudar essa situação, a reunião da Terapia do Amor é uma opção. Durante o encontro, diversos ensinamentos valiosos são transmitidos, a fim de que as pessoas, casadas ou solteiras, possam encontrar a verdadeira felicidade.
Para Sílvio Formagio, representante comercial, a Terapia do Amor é uma excelente oportunidade para aqueles que desejam ter um casamento feliz. “Venho há nove anos a esta reunião, e se eu soubesse que o resultado seria tão bom para o meu casamento, eu teria vindo muito antes”, afirma.
De acordo com Sílvio, antes de chegar à Terapia, o casamento dele estava destruído devido as brigas. Através do depoimento de um casal, transmitido pela televisão, Sílvio e a esposa decidiram agir em busca de uma mudança. “Eu e minha esposa tivemos um verdadeiro encontro com Deus, e nosso casamento, que estava destruído, foi restaurado. Hoje, tudo mudou. É totalmente diferente do que vemos no mundo. Temos o principal, que é a paz, a comunhão um com o outro. Hoje eu sei o verdadeiro significado do termo ‘uma só carne, um só espírito’”, relata.
Sílvio afirma que os ensinamentos transmitidos durante a Terapia do Amor são primordiais para os casais. “Nos encontros de sábado, as pessoas aprendem a se respeitar, a ceder, a compartilhar e a enfrentar os problemas do dia a dia, que são comuns a todos os casais”, assegura.



_______________________________________________________________________________



Determinação, o segredo para obter a restauração



As conquistas foram grandiosas na vida de Elizabete
Os conflitos na vida sentimental de Elizabete Neves de Souza, de 47 anos, hoje empresária, começaram cedo, na época do namoro. “Meu pai era contra o relacionamento. A família do meu namorado também se opunha; sua mãe tentou nos separar”, conta.
Mesmo com as barreiras, se casaram. “Na lua-de-mel, meu esposo me agrediu e me expulsou do quarto. Depois do matrimônio, ele se transformou.” Elizabete era agredida física e emocionalmente; seu marido tinha ciúmes e desconfiava que era traído. “Era inseguro e me trancava em casa. Passei por grande humilhação”, confessa.
Com o casamento destruído e sem expectativas, teve depressão e tentou até o suicídio. A solução só foi encontrada na IURD. Veio a Fogueira Santa e ela se lançou com fé para dar fim àquele vazio sentimental. As conquistas foram grandiosas: livrou-se da depressão e o casamento foi restaurado.
Segundo Elizabete, a Fogueira é a saída para as pessoas que se encontram no limite. “Esta é a receita para a transformação de vida. Meu ano só começa quando me lanço e faço o sacrifício, pois tenho certeza da minha vitória”, finaliza.


_______________________________________________________________________________


Claudia Fabiane acreditou e o milagre aconteceu

O trabalho realizado pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) em prol da vida conjugal do povo tem restituído a vida de muitos casais que, através das pregações de pastores e bispos, encontram forças para lutar pela felicidade que muitos acreditavam estar perdida. Orações e propósitos são frequentes, já que é grande o número de pessoas que chegam à IURD em busca de solução para problemas de ordem sentimental.
A dona de casa Cláudia Fabiane Raulino, de 27 anos, sentiu na pele o sofrimento da traição e sofreu muito. As coisas só mudaram quando ela passou a usar a fé através da IURD.  Seu primeiro casamento era de aparências. Foi traída pelo marido, que bebia muito, e sua vida conjugal se resumia em brigas sem fim. Ela não dormia, chorava muito e era uma pessoa agressiva. “Meu filho se parecia com o meu marido. Por isso, acabei deixando ele com a minha mãe para não chegar ao ponto de agredir meu próprio filho”, relembra.
Fabiane estava totalmente sem perspectiva de vida, mas com o tempo foi entendendo que para encontrar a felicidade primeiro tinha que buscar a Deus, conhecê-Lo. E foi o que aconteceu. Desde então, sua vida nunca mais foi a mesma. Cláudia mudou em todos os sentidos, especialmente na vida amorosa. Conheceu o atual esposo em uma das reuniões da igreja. Hoje, ambos são obreiros da IURD, tiveram um filho e conquistaram uma vida completa e feliz.
Se para você a felicidade parece cada vez mais distante, dê uma chance para Deus mudar a sua vida. Ele pode e quer te dar a felicidade plena. Participe da Terapia do Amor que acontece aos sábados, às 19h


_______________________________________________________________________________



Conquista da felicidade no amor


Sofrimento familiar não a impediu de encontrar a verdadeira alegria

Ainda na adolescência, a vida de Valdirene Gaspar Santos, 27 anos, era de muito sofrimento. Com apenas 12 anos, presenciava as brigas constantes entre os pais. “Ele agredia minha mãe física e verbalmente. Minha irmã e eu víamos aquelas discussões diariamente. Até que um dia eles decidiram se separar. Eu sofri muito com isso”, diz.
Na tentativa de esquecer os problemas em casa, Valdirene passou a frequentar festas na casa de amigos, baladas e acabou conhecendo um rapaz com quem namorou durante seis anos. “Foi um relacionamento de aparência, pois não íamos para frente. Não adquiríamos nada, era só briga. Meus planos e objetivos estacionaram depois que me envolvi com ele. Do nada, terminou tudo e esse foi meu maior sofrimento, uma vez que depositei todo meu amor e minha confiança nele”, conta.
Para tentar esquecê-lo, Valdirene chegou a se envolver com outras pessoas, mas os relacionamentos não passavam de três meses. “Eu sentia um vazio muito grande, todo esse sofrimento durou aproximadamente 10 anos. Eu me tornei uma pessoa frustrada e não queria me envolver com mais ninguém”, lembra.
Em depressão profunda, Valdirene ficava trancada no quarto sem comer e  tomar banho. Além disso, ela não acreditava mais que seria feliz no amor. “Conheci a IURD através de uma amiga e passei a frequentar a reunião da Terapia do Amor. Perseverei nas correntes e o vazio que sentia foi preenchido. Primeiro, Deus mudou o meu interior. Hoje tenho paz e alegria. Ele preencheu o vazio que eu sentia e me fez encontrar um grande homem de Deus. Eu o convidei para ir à Igreja e com o tempo fomos nos conhecendo. Namoramos, casamos e somos muito felizes. Hoje sei o que é amar e ser amada”, conclui.


_______________________________________________________________________________


Aquele que acredita vence

Acreditar no que aos olhos humanos era impossível foi o que levou a empresária Valcir Souza, de 41 anos, a ver o Poder de Deus em sua vida. Ela conta que chegou à Igreja Universal com seu casamento destruído. Seu marido, além de ser viciado em álcool, perdeu a empresa da qual era proprietário. Toda essa situação lhe causava muito sofrimento.
“Eu sempre fui uma boa esposa, lhe dava amor, carinho, fui uma boa dona de casa. Com medo de perdê-lo, resolvi ter um filho porque achava que ele ficaria mais em casa e me daria atenção”, relata.
A empresária conta que assim que engravidou, se sentiu desprezada, já que o marido achava que o filho não era dele. A situação piorava cada vez mais até o ponto de ser traída. Como se não bastasse, ela começou a ter sérios problemas de saúde. Assim que ganhou seu filho, teve crise de convulsão e epilepsia, em seguida foi diagnosticado um tumor maligno no cérebro.
Valcir passou sozinha por todos esses problemas até que ela e o marido se separaram. A empresária enfrentou muitas dificuldades durante os quatro meses em que ficou longe do marido. Com a situação cada vez pior, ela e o filho tiveram que se mudar para outra cidade, e a casa em que foi morar ficava justamente ao lado de uma Igreja Universal.
Um dia ela passou em frente à IURD e teve vontade de entrar. “Senti ali a solução para os meus problemas. Fui muito bem recebida pelos pastores e a partir daquele dia a minha vida não foi mais a mesma. Comecei a perseverar nas correntes, a agir minha fé e a lutar pelo meu marido, pois não queria perdê-lo”, relembra.
“Depois de muita perseverança, meu marido voltou transformado, pois lutei e acreditei que Deus e a minha fé poderiam mudá-lo. O senhor me deu muito mais do que pedi. Fui curada, reconquistei minha empresa, e meu casamento foi restaurado”, conta feliz.